Os segredos da moda revelados por um hacker

16:51 Yahz 0 Comments



No sistema de moda que conhecemos, os profissionais experientes em ler o espírito do tempo, o zeitgeist, percebem antes das pessoas comuns o que elas desejam, e utilizam tal habilidade para lançar produtos pelos quais elas irão se apaixonar, apesar de soar como mágica, isso só acontece porque as pessoas que estão no topo da hierarquia da moda detém conhecimentos que aquelas que consomem seus produtos desconhecem. 

Agora imagine que alguém de dentro do sistema fizesse com que conhecimentos específicos de moda chegassem àqueles que apenas a consomem, isso libertaria as pessoas de um esquema que gera ansiedade a cada nova temporada, por meio de uma experiência coletiva de capacitação. 


Podemos dizer que esse alguém seria o equivalente na moda para um hacker ativista que utiliza código aberto, princípio de projetos como a wikipedia. Esse hacker ativista da moda, de quem estamos falando é Otto von Busch, professor dos cursos de Moda Integrativa e de Arte, Artesanato e Design em universidades da Suécia. 


Inspirado por várias formas de ativismo social, Otto explora o surgimento de um novo papel do designer, onde ele irá envolver pessoas comuns na reorganização do sistema da moda, compartilhando habilidades e auxiliando no desenvolvimento de capacidades técnicas e criativas, para que possam reivindicar o acesso à moda através da criação ou reinterpretação de suas próprias roupas. Seu livro de receitas de reformas disponível para download gratuito, a Reciclopédia é um exemplo disso. 


Segundo ele, a função do designer hacker ativista é alterar as posições no jogo, ao invés de consumidoras passivas as pessoas serão co-criadoras do próprio estilo. E isso não faz com que o designer deixe de ser um criador e amante da magia da moda, apenas faz dele um crítico do caminho destrutivo que a indústria tem seguido. 

Todas as imagens contidas no artigo são de autoria de Otto von Busch.


Leia também:


0 comentários: